Tudo pronto para o 12º Sukiyaki do Bem!

Tudo pronto para o 12º Sukiyaki do Bem!

18 de setembro de 2018 0 Por bloghideko

Falta pouco para a noite do Sukiyaki do Bem! O evento beneficente, idealizado por Hideko Honma, acontece nesta sexta-feira, dia 21 de setembro, no hotel Tivoli Mofarrej de São Paulo. Esta já é a 12ª edição, e está sendo muito aguardada – os convites estão praticamente esgotados.

Algumas das peças selecionadas para o jantar beneficente

Nessa noite, cerca de 350 pessoas desfrutarão de um jantar único: seis renomados chefs  preparam receitas exclusivas, servidas em peças de cerâmica por eles escolhidas. São peças igualmente produzidas especialmente para a ocasião.

A ideia do Sukiyaki do Bem é essa: promover um encontro entre a criatividade dos mestres da gastronomia com a beleza da cerâmica, mostrando a relação umbilical que há entre essas duas manifestações artísticas.

Hideko Honma, Satoshi Kaneko e Kazuo Harada conversam sobre as peças que serão usadas no evento.

Os chefs que participam do Sukiyaki do Bem de 2018 são: André Saburó, da premiada Taberna Japonesa Quina do Futuro, de Recife; Telma Shiraishi, do Aizomê, de São Paulo, eleito pela segunda vez o melhor restaurante japonês pela Folha de S.Paulo; Kazuo Harada, ex-MEE, uma estrela Michelin, do Rio de Janeiro; Satoshi Kaneko, do restaurante Kinoshita, de São Paulo, uma estrela Michelin; William Ribeiro, do Seen, do hotel Tivoli Mofarrej São Paulo; e Mari Hirata, chef e pesquisadora, convidada especial para esta edição do evento.

Juntam-se a esse time estrelado a mestre cervejeira e sommelière Carolina Oda e a consultora em saquê e também sommelière Yasmin Yonashiro, que se encarregarão da harmonização das bebidas.

Veja aqui o vídeo teaser do evento!

Todo o lucro líquido obtido no evento será doado para a Assistência Social Dom José Gaspar Ikoi no Sono e para a Associação Travessia – Núcleo de pedagogia Waldorf Especial.

O nome do evento remete ao sukiyaki, um prato tradicional japonês (legumes, verduras e carne são cozidos em um saboroso caldo, em uma panela colocada sobre um fogareiro, no centro da mesa). No início, quando Hideko criou essa iniciativa, os chefs eram convidados a fazer releituras do prato. Mas, hoje, já não é assim, e cada mestre apresenta suas próprias propostas autorais.

Chefs, sommeliers e Hideko Honma, que fazem o Sukiyaki do Bem 2018 acontecer. Foto: Rafael Salvador

Presente e atrações especiais

Além da refeição, os convidados do Sukiyaki do Bem também têm mais momentos especiais, como as apresentações artísticas e culturais, que já são uma tradição do evento. Nesta edição, serão dez atrações, entre eles o cantor Joe Hirata e grupos de taiko e de shishimai (dança do leão).

Também participam do evento dezenas de ceramistas, que criam obras assinadas, para compor a Instalação das 350 utsuwa (recipientes). Cada convidado pode escolher uma dessas peças para levar para casa. O convidado também recebe, como lembrança, uma das peças usadas no jantar, produzidas por Hideko e por seus alunos.

Esta sexta-feira realmente promete!

Saiba mais sobre quem são os ceramistas, os patrocinadores e apoiadores do evento e como foram as edições anteriores no site especial sukiyakidobem.com.br.

Abaixo, mais um poco sobre os chefs e as sommelières e o cardápio:

Os chefs

André Saburó.  Foto: Marcel Uyeta

ANDRÉ SABURÓ é chef do premiado Taberna Japonesa Quina do Futuro, de Recife. Ele comanda mais três casas na capital pernambucana: Sumô, Sushi Yoshi e Tokyo’s Café. É conhecido pela sua alta técnica em extrair o melhor do atum. Foi eleito o melhor chef do ano pela Prêmio Revista Prazeres da Mesa 2018. Já foi aclamado duas vezes como o melhor chef do ano pela revista Veja Recife.

Kazuo Harada.       Foto: Marcel Uyeta

KAZUO HARADA comandou o MEE, no Rio de Janeiro, onde conquistou uma estrela Michelin, e está pronto para novos projetos. Sua culinária tem forte acento asiático, onde predomina a gastronomia japonesa.

Mari Hirata.       Foto: Marcel Uyeta

MARI HIRATA – Chef, cozinheira e pesquisadora, reside no Japão, onde desenvolve aulas e pesquisas sobre culinária japonesa. Sua formação gastronômica foi na França, onde assimilou técnicas precisas de cozinha. Lançou no ano passado o livro Mari Hirata Sensei, de autoria de Haiydée Belda, pela Beï Editora.

Satoshi Kaneko. Foto: Marcel Uyeta

SATOSHI KANEKO está à frente do Kinoshita, imponente restaurante japonês de São Paulo, que conquistou a estrela Michelin pela terceira vez. No Brasil há seis anos, o chef já trabalhou em vários países da Europa e em Istambul, onde foi chef de cozinha do cônsul geral do Japão. Participa pela primeira vez do Sukiyaki do Bem.

Telma Shiraishi. Foto: Marcel Uyeta

TELMA SHIRAISHI é chef proprietária do restaurante Aizomê, que em 2018 foi eleito, pela segunda vez, o melhor japonês pelo jornal Folha de S.Paulo. Telma tem se destacado também em eventos gastronômicos, como o Fartura. Esta é sua primeira participação no evento e a chef pretende recriar o seu famoso sukiyaki, carro-chefe de seu cardápio de inverno.

William Ribeiro. Foto: Marcel Uyeta

WILLIAM RIBEIRO é chef especializado em culinária brasileira. Já assinou o cardápio do premiado Bossa, um dos poucos que conquistou as cinco estrelas máximas de Comer e Beber Veja São Paulo. Hoje comanda o Seen, instalado na cobertura do hotel Tivoli Mofarrej São Paulo. participa pela segunda vez do Sukiyaki do Bem.

As sommelières

Carolina Oda. Foto: Marcel Uyeta

CAROLINA ODA, formada em gastronomia pelo Senac – Campus Águas de São Pedro em 2007, é sommelière de cerveja e mestre-cervejeira e professora no Science of Beer Institute. É uma das apresentadoras do programa “Sabor em Jogo”, transmitido pela GNT.

Yasmin Yonashiro. Foto: Marcel Uyeta

YASMIN YONASHIRO é sommelière e consultora de saquê. Presta consultoria para vários restaurantes, não só na área da bebida, mas também em omotenashi, o conceito japonês de hospitalidade e atendimento, dividindo sua agenda entre o Rio de Janeiro e São Paulo.

O cardápio

  • Entrada fria (André Saburó) : Atum com lardo. Atum marinado com dashi shoyu, azeite de pimenta de cheiro, furikake de feijão verde e lardo curado da Fazenda Yaguara (Taquaritinga do Norte – Pernambuco)
  • Entrada (Kazuo Harada): Shake Nuta / Crispy Buri: Barriga de salmão, gema de cordorna e molho spicy misso Cubos de buri, massa crocante e molho cítrico
  • Entrada (Satoshi Kaneko): Ostra empanada com geléia de ponzu e vieira canadense grelhada ao molho oriental
  • Principal (Telma Shiraishi): Sukiyaki
  • Principal (Mari Hirata): Gohan com raízes brasileiras
  • Sobremesa (William Ribeiro): Macaron de chocolate 80% com creme inglês de kinkan
  • Café na saída com choux cream de Vivianne Wakuda