Atelier doa peças e faz oficina com alunos do Instituto Capim Santo

Atelier doa peças e faz oficina com alunos do Instituto Capim Santo

29 de junho de 2022 0 Por bloghideko

Que no universo de Hideko Honma a cerâmica e a gastronomia são duas artes em constante interação não é segredo para ninguém. Também é fato que a ceramista dedica parte de seu tempo a projetos sociais, sempre envolvendo a cerâmica e, muitas vezes, a gastronomia. Exemplos disso são os eventos beneficentes que ela organiza, como o Sukiyaki do Bem e o Sopa na Caneca. Assim, não foi surpresa quando, no primeiro semestre deste ano, Hideko reuniu essas três frentes novamente, desta vez em uma parceria com o Instituto Capim Santo (ICS), criado pela chef Morena Leite.

Nessa parceria muito especial, Hideko doou 800 peças do atelier para o projeto Cozinha do Amanhã, um curso de capacitação profissional em gastronomia para jovens em situação de risco e vulnerabilidade social, conduzido pelo ICS.

Além disso, alguns alunos do curso também participaram de uma oficina no atelier de Hideko, onde puderam ter a oportunidade de ver como é feita uma peça de cerâmica. Eles também pegaram a argila e moldaram seus próprios pratos e tigelas, que Hideko prometeu queimar e finalizar. A ceramista também explicou os conceitos e a filosofia por trás de suas criações.

“Liberdade está no conhecimento”

O ICS promove o Cozinha do Amanhã em cinco locais: Itacaré e Trancoso, na Bahia, Parque da Rocinha, no Rio de Janeiro, e Barra do Sahy e São Paulo, no estado de São Paulo. Ao longo de 12 anos, o instituto já beneficiou mais de 1.500 jovens, que receberam certificado de auxiliar de cozinha. Além disso, uma parceria com a plataforma digital Closeer ajuda esses profissionais a se conectarem com empresas do setor, como restaurantes e hotéis.

Fotos: Divulgação/Instituto Capim Santo

Foi pensando na importância desses jovens aprimorarem conhecimentos e habilidades sobre empratamento que o ICS procurou o atelier em fevereiro deste ano, em busca de peças que pudessem ser doadas para serem usadas nas aulas. “A Morena Leite sempre diz que as pessoas comem primeiro com os olhos”, explica Luccio Oliveira, presidente do instituto. “Por isso, o empratamento era algo que precisava ser mais bem desenvolvido pelos alunos.”

Com a solicitação, explica Luccio, esperavam receber algumas peças que, por um motivo ou outro, não tivessem sido colocadas à venda. Mas o que receberam superou as expectativas. “Ficamos surpresos com a quantidade e variedade dos itens que chegaram – louça funda, pratos pequenos, pratos grandes… Estamos apaixonados pelas peças!”, afirma Luccio. A escola de São Paulo foi a primeira a utilizar as peças, e os resultados você pode ver abaixo:

No total, o atelier enviou 800 peças ao ICS. Segundo Hideko, a equipe do atelier selecionou peças de cores, formas e medidas diversas, que pudessem inspirar e motivar os alunos. “Foi uma honra poder doar as peças. É algo que se conecta com o que considero uma das formas vitais de se adquirir a liberdade: conhecimento e profissionalização.”

Oficina no atelier

O passo seguinte da parceria foi a visita de alunos do Cozinha do Amanhã ao atelier de Hideko, o que aconteceu em maio. Nessa aula,que teve a participação de 12 aprendizes, Hideko explicou as técnicas e, principalmente, a filosofia por trás de suas criações.

Alunos do Instituto Capim Santo participam de oficina no atelier Hideko Honma, em maio de 2022

“Era um sonho meu poder dar uma oficina a estes jovens aprendizes, contando minha própria história como aprendiz de ceramista no Japão”, conta ela. “Queria mostrar e ensinar a fazer cerâmica com técnica japonesa e com a criatividade, espontaneidade e alegria brasileiras, seja uma simples chawan de barro para a cerimônia do chá, uma cumbuca para o tucupi ou, ainda, uma tigelinha para servir um angu.”

“Mostrei como se faz uma chawan e, a pedido deles, transformei em prato”, conta Hideko. “Foi uma oficina muito boa e afetiva”, comenta. Os alunos também manipularam a argila e moldaram objetos, como tigelas, com suas próprias mãos.

Hideko, ao lado de Luccio Oliveira, presidente do Instituto Capim Santo, com os alunos do curso de capacitação em gastronomia

Agora, Hideko está preparando e finalizando essas peças para presenteá-las aos alunos na sua formatura, que acontece em julho. Confira as peças já em fase de finalização:

Peças dos alunos, já com acabamento. Fotos: Atelier Hideko Honma
Peça da aluna Aline

Sukiyaki do Bem 2020

Esta não é a primeira parceria entre o atelier e o instituto. Em 2020, o ICS foi uma das entidades beneficiadas pelo Sukiyaki do Bem, um evento beneficente que Hideko realiza desde 2007. Nele, cerâmica e gastronomia são reunidas (olha elas juntas aí, de novo!) em um jantar especial, com atrações culturais e exposição de peças dos alunos e convidados do atelier, e os recursos arrecadados são destinados a entidades beneficentes.

Com o advento da pandemia de Covid-19, o Sukiyaki do Bem foi reformatado. Foram vendidos kits especiais, contendo comida e cerâmica, entregues nas casas de quem os adquiriu. O ICS utilizou os recursos recebidos para produzir vídeo-aulas.

Conheça mais sobre o trabalho do Instituto Capim Santo aqui!